A Fonte Luminosa, Parnarama-MA

A Fonte Luminosa, Parnarama-MA

sábado, 12 de abril de 2014

Em visita a 8 cidades do Leste Maranhense, Dino reúne milhares de pessoas

 

O movimento Diálogos pelo Maranhão esteve em mais três cidades do leste maranhense nesta sexta-feira (11): Lagoa do Mato, Buriti Bravo e Passagem Franca. No debate, temas como agricultura familiar, infraestrutura de acesso aos municípios da região e educação. Os eventos contaram com a presença de lideranças políticas e religiosas, sindicalistas, vereadores, presidentes de Câmaras municipais e população. O movimento passou também pelos municípios de Aldeias Altas, São Francisco do Maranhão, Sucupira do Riachão, São João dos Patos e Barão de Grajaú.

Lavrador aposentado do povoado Tabuleiro do Gato, Antônio Modesto, de 60 anos, pediu por estradas e água potável nas casas. "A gente vive porque tem que viver. Não que a vida esteja boa. Quando a gente tá doente tem que ir pra Teresina, aqui não tem ninguém pra atender. As estradas estão tudo ruim, não tem água tratada", reclamou.

Pela agricultura familiar, Chico Miguel, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), falou da desigualdade social e econômica, além de ressaltar a importância do apoio para os trabalhadores rurais. "Este é um grande desafio, vivemos em um estado rico com um povo pobre. Não dá mais para fazer agricultura familiar como há 10 anos sem políticas públicas. É preciso investir no campo e trabalhar por uma reforma agrária séria", disse.

O prefeito de São Domingos, Kléber Andrade, liderou falou da necessidade de melhoria da infraestrutura das estradas. Ele destacou que o cuidado que a população do sertão maranhense merece. "Essa região precisa de um governo que não isole o povo, que construa estradas. Essa estrada de Passagem Franca já fez dez palanques e nunca foi construída", criticou.

Cardoso Neto, grande liderança da região, reforçou a necessidade de práticas que contribuam com a geração de emprego e renda. Em Lagoa do Mato falta oferta de trabalho para a população, o que acaba contribuindo para que jovens deixem o município. "Nossa cidade tem muitas carências. Falta emprego; assistência técnica para a agricultura, água tratada... Estamos com uma evasão nas escolas de ensino médio por falta de transporte escolar.

Para o vereador Adailton Duarte, o evento foi positivo por ter reunido várias lideranças da região para discutir uma nova forma de fazer política. "Nosso compromisso é com a população. Hoje discutimos nossa realidade e apresentamos os problemas da nossa cidade. Temos uma infraestrutura boa. Cerca de 90% de Lagoa do Mato é calçada. Mas na área da educação temos uma evasão de 40% dos alunos por falta de transporte", calculou.

PASSAGEM FRANCA - Em Passagem Franca a principal demanda também foi para agricultura familiar. O Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município estima que a população que vive do campo está entre nove e dez mil pessoas. "A necessidade do nosso povo é de um governo o que reconheça os trabalhadores rurais, invista em escolas. Aqui temos lavouras de arroz, milho e abóbora que, com incentivo, poderia gerar renda para o povo", enfatizou a sindicalista Selma Bandeira.

Participaram ainda do Diálogos em Passagem Franca, o presidente do STTR, João Batista Silveira, o presidente da Câmara, Carlinhos Casa, vereadores, presidentes de partidos.

BURITI BRAVO - Na cidade de Buriti Bravo, o Diálogos  reuniu centenas de pessoas dispostas a discutir um novo modelo de desenvolvimento para o estado. Atenta ao debate, a população também deu sua contribuição. Nas prioridades da região, incentivos para a agricultura, investimento à produção do estado, politicas públicas eficientes para a saúde, educação e segurança.

"São vários problemas na nossa cidade. Falta água, sendo inadmissível que a população sofra sem água; segurança, incentivo econômico para o município. Precisamos acabar com o isolamento que vivemos. Chegam as ordens de serviço que iniciam, mas nunca têm fim. Esse momento é muito importante porque representa a mudança que o povo quer", espera Luciana Leocádio, liderança da região.

MOBILIZAÇÃO SOCIAL

O vice-prefeito de Gonçalves Dias destacou a mobilização social durante as edições do Diálogos pelo Maranhão. Percorrendo algumas cidades com a comitiva, enfatizou o crescimento da plateia a cada cidade. "Pelo que percebo, cada vez mais tem crescido a participação popular", observou Djalma Fernandes. E pediu pela região estradas asfaltadas para interligar os municípios do leste maranhense.

Flávio Dino, coordenador do Diálogos, falou sobre a proposta do movimento e ouviu as propostas de lideranças e população. Ele destacou ser esta uma etapa de aprender e conhecer a realidade do estado. "Faço questão de visitar todos os municípios do Maranhão. Precisamos transformar a vida do povo, enfrentar as 500 mil casas de taipa, resolver o problema das estradas, o isolamento que os municípios enfrentam, que acaba atrapalhando a produção e a vida das famílias", reforçou.

Em visita a Lagoa do Mato, município do Leste maranhense, Flávio Dino esteve com o vereador Adailton Duarte. Na conversa, o compromisso com a política e a população do estado. Adailton aproveitou para afirmar que contribuirá com o movimento em prol da mudança do Maranhão.

Em Buriti Bravo, Flávio Dino esteve com a presidente do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município, Isabel Oliveira, e o Conselho Deliberativo do Sindicato. O encontro marcou o pedido de atenção à agricultura familiar e o compromisso de Flávio Dino de continuar o diálogo com a população.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Prefeito de Parnarama gasta R$ 405 mil para a realização do Carnaval de 2014


0 94
Embora o prefeito de Parnarama, na Região dos Cocais, David Pereira de Carvalho (PSB), não esteja bem avaliado pela população do município, devido o desgaste no âmbito de sua desastrosa administração.  Uma coisa é certa: ele demonstrou gostar bastante de Carnaval e de gastar dinheiro público com festas.
Segundo apurou o Blog Ademar Sousa, David Carvalho “investiu” R$ 405 mil em dois contratos diferentes com a mesma empresa FCB Produções e Eventos, sendo um no valor de R$ 76.800,00 (para contratação de serviços de locação e de estrutura de palco, som, iluminação, grupo gerador e banheiros químicos, para a realização do Carnaval de 2014) e o outro no valor de R$ 328.200,00 (destinados visando à prestação de serviços na produção de shows e eventos artísticos, em relação à festa de momo deste ano).
O primeiro contrato foi na modalidade convite e o segundo contrato obedeceu ao critério da inexigibilidade de licitação. Ambos os contratos foram assinados no dia 26 de fevereiro de 2014, pelo prefeito de Parnarama, David Pereira de Carvalho e o responsável pela empresa FCB Produções e Eventos, Fabiano de Carvalho Bezerra.
Enquanto isso, o povo de Parnarama sofre com as ruas esburacadas e outras mazelas, já o prefeito David Carvalho se diverte pulando e gastando o dinheiro publico que deveria ser investido em outras prioridades.
Enquanto isso, o povo de Parnarama sofre com as ruas esburacadas e outras mazelas, já o prefeito David Carvalho se diverte pulando e gastando o dinheiro publico que deveria ser investido em outras prioridades.
Extrato da publicação dos contratos
Extrato da publicação dos contratos
fonte: http://osegundo.com/

 

segunda-feira, 14 de outubro de 2013



O Prefeito Dr. David de Carvalho  Deu mais uma  Apunhalada nas Costas dos Cidadãos de Parnarama




Fonte: Face do Filho Franco 
  • O prefeito municipal de Parnarama-MA, o senhor “doutor” David Pereira de Carvalho, no uso de suas atribuições legais, acaba de dar mais uma apunhalada nas costas dos cidadãos parnaramenses, tirando deste povo sofrido a única esperança de ter um emprego fixo e descente.
    É meus caros amigos parnaramenses, o prefeito não mais irá fazer concurso público em escala geral de níveis (Fundamental, Médio e Superior), só quem se beneficiará com este concurso, que o “doutor” está sendo obrigado a fazer, serão os profissionais de nível superior.
    Segundo o Projeto de Lei Municipal sem número, visto que o mesmo não apresenta nenhum número no enunciado de sua redação, apresentando apenas o ano, que é este corrente de 2013, os serviços de conservação, limpeza, segurança, vigilância, transporte, informática, copeiragem, recepção, repografia, telecomunicações e manutenção de prédios e de iluminação pública, equipamentos e instalações serão todos terceirizados. E o que isso significa meus amigos parnaramenses? Significa mais um descaso desse que está à frente da administração de nosso município.
    Tantos e tantos cidadãos parnaramenses, em sua grande maioria pessoas que não tiveram a oportunidade de se quer concluir o Ensino Fundamental, estão no aguardo, estudando esperançosamente na espera desse concurso público municipal, para tentarem obter um emprego digno e fixo sem precisar ter que ir embora e com o sonho de mudar suas vidas e, o senhor, prefeito, lhes tira essa chance e principalmente suas esperanças, como se tivesse lhes dado um tiro pelas costas. O único sentimento que nos fica é de revolta.
    É óbvio que essa terceirização de serviços ao invés da realização de concurso público para níveis fundamental e médio é nada mais, nada menos, que atividades corruptas, onde teremos empresas em nome de laranjas prestando serviços para o poder executivo municipal. E adivinha quem terá todo o lucro nisso, enriquecendo através da máquina? Isso mesmo meus caros amigos, vocês acertaram. Sem falar que essa é uma boa forma do senhor prefeito dar emprego aos seus incapacitados. “Doutor”, se o seus são tão incompetentes ao ponto de não passarem em um concurso público de esfera municipal, o restante da população não tem nenhum tipo de culpa nisso, e nosso povo não se resume só aos seus, mas a todos que aqui vivem.
    Pense melhor “doutor”, não terceirize serviços que o povo pensa que serão ofertados através de concurso público, não tire mais essa esperança desse povo tão sofrido.
    5Curtir ·  · 

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Falta D água provoca caus na Cidade de Parnarama

 
 
Representantes de Bairro exige das autoridades providências mediante a falta Dágua. Bairros atingidos: Agrovema, Sem Terras, Redenção, Chapadão e a situação mais critica é do Bairro São Francisco, onde moradores já compram água  em carros Pipa para  poder beber.



terça-feira, 4 de junho de 2013

Rádio Parnaramense é invadida e depredada por vândalos









A rádio FM Cidade 10, na cidade de Parnarama, foi invadida na madrugada deste 
domingo (2) por criminosos ainda não identificados. Os invasores forçaram a porta da frente e conseguiram entrar no prédio. Quando funcionários chegaram para trabalhar tudo já estava revirado, computadores, mesa de som, microfone e etc. 

A suspeita é que o arrombamento tenha sido praticado por integrantes da situação por causa de denúncias de irregularidades que estariam sendo praticadas pelo poder Publico Municipal, na saúde, educação dentre outros.

 “Outro fato ligado a essa invasão, foi dia 29 de Maio,  onde o radialista Zé Tavares foi abordado e conduzido, para um quarto, em sua própria residência, onde recebeu ordens para ficar calado, enquanto seus agressores deixavam recados ameaçadores de seu mandante, a vitima ficou encurralado por seus algozes por vários minutos.

O motivo da agressão foi a denuncia citada pelo radialista em um programa da o FM Cidade 10. A denúncia cobrava soluções para a educação, saúde e outras áreas citadas, que estão esquecidas pelo poder Publico Municipal.

 A suspeita é de que o arrombamento teria sido praticado por gente ligado ao atual prefeito.



























































Fotos Wagner Medeiros

sexta-feira, 3 de maio de 2013


GRECO confirma a prisão de mais dois integrantes do bando



O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), realizou nesta quinta-feira (02/05), coletiva de imprensa onde foram dados mais detalhes da ação que acabou na execução de três dos assaltantes do Banco do Brasil de Miguel Alves.
A ação aconteceu na última terça-feira (30/04). Dois homens ainda continuam foragidos e a polícia permanece nas regiões próximo ao município na tentativa de capturá-los.
Durante o assalto, o gerente da agência de Miguel Alves, Ademyston Rodrigues Alves, foi morto com um tiro na cabeça por um dos bandidos. 
A novidade repassada pela GRECO foi a prisão de mais dois integrantes que fazem parte da quadrilha. Luzia Ferreira Lopes Galiza foi presa em Teresina, em uma casa no bairro Saci. Ela era namorada de Maylon Sousa, um dos bandidos mortos em confronto com a polícia. A polícia tem indícios de que ela teria dado apoio aos assaltantes e vai continuar investigando.

Luzia Ferreira era companheira de Maylon

O segundo, foi preso no município de Parnarama (MA), Jesselino Alves da Silva teria sido a pessoa que levou os assaltantes até a cidade de Miguel Alves, segundo informou Luzia em depoimento à polícia. 

Segundo o delegado Carlos César, o dinheiro recuperado pela polícia foi em torno de R$ 400 mil, mas a contagem ainda seria concluída pelo banco. Na coletiva, a polícia apresentou as armas apreendidas com o bando. São duas carabinas calibre 12, uma carabina Puma calibre 38, um fuzil 762 - capaz de perfurar veículos blindados -, dois revólveres 38, uma pistola 380 e munições.
Zezinho da Chapadinha, é o dos bandidos identificados e que ainda permanece em fuga. Ele foi visto por um pescador, muito debilitado, tentando evadir-se numa bicicleta. Segundo informou a polícia nas rádios da cidade, ele usa um calção branco, está armado e deve ser considerado perigoso.
O delegado Carlos Cesar, que preside o inquérito, contou que um dos presos que foram mortos ainda não havia sido identificado até a manhã de hoje. Horlean Ferreira Araújo e Marlon Sousa já foram liberados do IML de Teresina, para ondem foram trazidos.

Jesselino Alves, preso na cidade de Parnarama

Nesta quinta-feira (02/05) o Banco do Brasil por meio de sua assessoria enviou nota para os meios de comunicação à cerca dos fatos que ocorreram na cidade de Miguel Alves, quando a agência do Banco do Brasil foi alvo de assalto, tendo o gerente do banco, executado pelos bandidos. Segue abaixo a nota na íntegra:


A Superintendência do Banco do Brasil no Piauí lamenta, com pesar, a investida criminosa contra a agência Miguel Alves (PI), ocorrida na última terça-feira (30), que levou a óbito o gerente geral, Ademyston Alves, provocando desconforto na sociedade.
Sobre o fato, o BB esclarece alguns pontos especulados através de alguns veículos da imprensa, com finalidade de evitar posicionamentos e interpretações equivocadas:
1- São fundamentais a clara percepção e o conhecimento da legislação sobre os conceitos, direitos, deveres e limitações referentes a Segurança
Pública e Seguranà §a Privada;

2- O Banco do Brasil cumpre, fielmente, a legislação que regula as obrigações de instituições financeiras quanto à Seguranà §a Privada, sendo,
inclusive, submetido às fiscalizaç ões da Polícia Federal, que autoriza o funcionamento das agências (Lei 7.102/83, Portarias 3233/12 e
3258/13);

3- Todas as agências do BB na jurisdição Piauí possuem, em atividade, os itens obrigatórios por Lei, que são: Alarme e Vigilância Armada. Além
dos itens obrigatórios, as agências possuem Porta Giratória com Detector de Metais, Circuito Fechado de TV (CFTV) e Cofres com Fechaduras de Re-
tardo; e

4- A agência de Miguel Alves, a exemplo das demais, tamb ém tem Plano de Segurança Privada aprovado pela Polícia Federal, sendo resguardada pelos
dispositivos exigidos por Lei.

O Banco do Brasil também assiste seus funcion ários com o Programa de Apoio a Vítimas de Assaltos e Sequestros (Pavas), bem como dá assessoria
através da sua Gerência Regional de Segurança, da Gerência de Pessoas, da Gerência Jurídica e do seu plano de saúde (Cassi).

Além disso, o BB tem estreita parceria com os Órgãos de Segurança Pública (Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar), com finalidade de
facilitar a consecução das atividades sob a responsabilidade de cada um.

Superintendência Estadual do Banco do Brasil no Piauí
Publicado Por: Apoliana Oliveira

sexta-feira, 19 de abril de 2013


Dr David Carvalho

Mais um capítulo das eleições de Parnarama


Na sessão de ontem (18), os ministros do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, por unanimidade decidiram dá provimento ao recurso que pede a impugnação da candidatura do prefeito de Parnarama, Dr. David Carvalho. De acordo com o voto do relator, ministro Marco Aurélio, que acatou o parecer do Ministério Público Eleitoral – MPE, o processo será devolvido para o Tribunal Regional Eleitoral – TRE, do Maranhão. A devolução desse processo ao TRE-MA é para que emita um juízo de valoracerca da insanabilidade do vício que ensejou a rejeição das contas pelo Tribunal de Contas da União – TCU e para que analise os itens que não forma analisados.

O prefeito Dr. David manteve sua candidatura através de liminares no Tribunal Regional Federal – TRF, do Piauí, e no Tribunal de Justiça do Maranhão após a impugnação do registro de sua candidatura e após 2 anos do trânsito julgado do Acórdão do TCU.

Pelo visto a situação do prefeito de Parnarama, David Carvalho cada dia se complica mais ainda. A representante do Ministério Público Eleitoral que estava presente na sessão de ontem disse que o entendimento do TSE é pacífico no sentido que as condições de elegibilidade e as causas de inelegibilidades devem ser aferidas na ocasião do pedido de candidatura e no caso o candidato não preenchia esses requisitos quando fez o registro.

É aguardar as cenas dos próximos capítulos desse imbróglio no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.